quinta-feira, 1 de julho de 2010

- É por este sorriso inesperado e verdadeiro que eu te agradeço , sim esse sorriso grandioso e contagiante como da primeira vez (…)

Nunca voltei atrás para dizer que o que disse nunca devia ter dito, porque tudo que te disse, todos abraços que te dei, todo amor que te tentei dar foi para perceberes que existem coisas mais importante que um simples amor inconsciente, e o que realmente conta é o verdadeiro valor do momento.
Não Guardei rancor de nada que antes foi a minha felicidade.
Mas também não guardei saudade, porque a saudade volta.
Guardei a maturidade conquistada, guardei apenas e só esse sorriso.
Voltei a sorrir de novo como da primeira vez e Senti a vida de todas as cores e formas que ela tem.

Lágrimas? - Só no dia em que a felicidade for completa

- E fui feliz enquanto esse pensamento existiu. *

6 comentários:

  1. é mesmo =)
    eu gosto de escrever á noite, acho mesmo que só consigo escrever à noite. Mas é um bom mundo *

    ResponderEliminar
  2. " Não Guardei rancor de nada que antes foi a minha felicidade. "

    Adorei :)
    Também vou seguir *

    ResponderEliminar
  3. chorar só de felicidade *
    muito bom , vou seguir *

    ResponderEliminar
  4. acho bem que chores só de alegria :D

    ResponderEliminar
  5. Na realidade acontece mais ao contrário, é raro não haver rancor infelizmente *

    ResponderEliminar